A Basílica de Santo Antônio de Pádua

Praticamente todos os turistas que vão para a cidade de Pádua, na Itália, decidem visitar a Basílica de santo Antônio de Pádua, que é um dos pontos turísticos religiosos mais famosos da cidade.

 A igreja foi construída após a morte de Antônio de Pádua, em sua memória quando o seu corpo foi canonizado. Os seus restos mortais encontram-se na basílica até os dias atuais.

A Basílica de Santo Antônio de Pádua envolve uma mistura extremamente harmoniosa de diversos estilos arquitetônicos, o que causa enorme admiração aos visitantes por ter uma complexidade arquitetônica completamente maravilhosa e rica em todos os seus detalhes.




O que ver na Basílica de Santo Antônio de Pádua

A Basílica de Santo Antônio de Pádua possui uma arquitetura extremamente rica em detalhes e muito bem trabalhada. Ela promove uma ótima experiência e aproximação espiritual para os fiéis.

Para quem nunca foi no local é legal e recomendado ver o Alto-Mar, Capela das relíquias, a Capela do Santíssimo Sacramento, Santa Maria Mater Domini e o Túmulo de Santo Antônio.

Alto-Mar

O Alto-Mar é uma das partes mais artísticas da basílica, onde é possível encontrar um crucifixo localizado bem no centro do altar. Além disso, existem muitas imagens em bronze de Donatello, que despertam a curiosidade artísticas de muito dos seus visitantes.

Basílica de Santo Antônio de Pádua

Capela das relíquias

Na capela das relíquias, como o próprio nome indica, estão guardadas as recordações que se tem da vida do Santo Antônio de Pádua. Como principais estão a relíquia da língua e das cordas vocais incorruptas, que atraem milhares de turistas durante o ano todo.

Capela do Santíssimo Sacramento

Ao ir na Basílica de Santo Antônio de Pádua, você não pode deixar de ver o sacramento central da igreja, que é o local onde ocorrem as missas e ceia do Senhor. Lá você pode ver a construção cheia de detalhes e participar dos momentos religiosos também.

Sancta Maria Mater Domini

Também chamada de Cappella della ‘’Madonna Mora’’, aqui você pode ver uma pequena igreja da época do antigo convento franciscano, que foi o local onde o santo viveu seus últimos anos de vida.

Túmulo de Santo Antônio

Um dos locais mais visitados dentro da basílica é o túmulo de Santo Antônio de Pádua. Nele estão, há mais 700 anos, os restos mortais do santo. Como a basílica foi construída após a sua morte e em sua homenagem, os restos mortais não poderiam ser guardados em outro local.

Quando visitar a Basílica de Santo Antônio de Pádua

Muita gente tem dúvida sobre quando deve visitar não só a igreja, mas toda a cidade e até mesmo o país em si. O melhor período para visitar é entre os meses de março a junho e de setembro a outubro, pois a temperatura nas cidades está mais agradável, tornando assim a visita mais aconchegante e prazerosa.

Em dias úteis, o horário com o tempo legal é:

  •  De 6:20 às 19:45 (de 26 de março de 2018 até 28 de outubro de 2018);
  • Já com o tempo solar o horário é de 6:20 às 18:45 (de 29 de outubro de 2019 até 24 de março de 2019);
  • Aos sábados e domingos o horário é de 6:20 às 19:45.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: