A Praça Navona

A Praça Navona, chamada de Piazza Navona, em italiano, é uma das praças mais lindas e famosas de Roma. Ela possui um ar barroco e é repleta de elegância e coisas para se ver.

Durante o ano todo Roma vive lotada, com diversos turistas e peregrinos do mundo todo fazendo um tour pelos principais pontos da cidade e como a praça Navona é um desses pontos, ela consequentemente também fica muito cheia.

Por esse motivo é importante decidir quando você deve visitar a praça para poder aproveitar mais o tempo nela e admirar todos os seus detalhes sem pressa ou com uma enorme aglomeração de pessoas.




Essa praça está situada onde antes era um estádio Domiciano e por isso, ela é muito grande, sendo capaz de suportar em média o fluxo de 30 mil pessoas ao mesmo tempo.

Domiciano foi um imperador da dinastia Flaviana, a mesma dinastia que realizou a construção do Coliseu de Roma. O estádio foi construído no ano de 85 depois de Cristo. Porém, o estádio foi transformado em uma praça pela família Pamphili, que eram nobres da época e possuíam parentesco com o Papa Innocenzo X.

O que ver na praça Navona
Praça Navona

A Praça Navona é um lugar que você pode fazer muitas coisas, desde ver incríveis obras de arte como também conhecer as escavações subterrâneas da praça. Mas você pode me perguntar ‘’como assim conhecer escavações na Piazza Navona’’?

Bom, é possível conhecer parte das escavações subterrâneas localizados na praça, pois como muita gente não sabe, toda a estrutura da praça, desde edifícios, bares, a embaixada do Brasil (que fica localizada no palácio Pamphili, na praça) e outras coisas, são estruturas construídas sobre o antigo estádio Domiciano.

Todo turista também visita as famosas fontes quando chegam na cidade. A fonte dos quatro rios, de Bernini, construída em 1651 e representa os rios Nilo, Rio da Prata, Ganges e Danúbio, que são símbolos dos quatro continentes. No centro das estátuas podemos observar um obelisco com 16 metros de altura.

Fonte Praça Navona

Temos também mais duas fontes: a Fontana del Moro e Fontana del Nettuno.

– Fontana del Moro

Essa fonte foi feita por Giacomo della Porta, porém Bernini fez algumas modificações para aperfeiçoá-la. Localizada no sul da praça, no início ela era chamada de ‘’Fonte do Caracol’’.

– Fontana del Nettuno

Também criada por Giacomo della Porta, essa fonte não teve tanta atenção e dedicação para ser finalizada. Isso fez com que ela ficasse abandonada até o ano de 1873, quando foi finalmente finalizada por Zappalá e Della Bitta.

Embaixada brasileira na Praça Navona

Quando visitar

A Praça Navona é um local que você pode visitar quando quiser. No entanto, para que você tenha uma melhor experiência em sua visitação, é indicado que você vá logo no início da manhã.

Você se lembra quando falamos anteriormente que a Piazza Navona fica lotada durante o ano todo por ser um dos pontos turísticos mais famosos e por Roma receber muitos turistas? Então, por conta disso, a depender da hora que você vá para a praça, não será possível aproveitar quase nada.

Para ver e admirar com calma a elegância que transborda dessa praça, é aconselhável ir no horário das 7 horas da manhã. Nesse horário a praça é vazia e tão silenciosa que é possível ouvir o barulho das fontes, o que é extremamente maravilhoso para os ouvidos e espírito.

Fonte dos Quatro Rios
Em resumo…

De dia a Praça Navona é incrível para fazer um passeio admirando todos os seus detalhes. Mas de noite a praça também é muito legal e inclusive é o ponto de encontro de muitos jovens para se divertir de forma saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: