A Praça São Marcos em Veneza

A Praça São Marcos é inegavelmente um lugar para ficar na lembrança de todos os visitantes. É considerada como uma das praças mais bonitas do mundo e o maior cartão postal de Veneza. Ao propósito, é ali que estão localizados os edifícios mais belos e imponentes da cidade. Não é à toa que Napoleão Bonaparte a definiu como “O mais belo salão da Europa”

 Sabe aquele lugar incrível que de tantas fotos vistas já parece familiar? Bom, certamente esse é o lugar! Se está planejando uma viagem, quer fazer um turismo religioso, se conectar espiritualmente e viver grandes emoções: pode vir.

Aqui você vai conhecer um pouco da Praça São Marcos em Veneza. Te contaremos a sua história, melhor época para visitar e o que conhecer por lá.

A História da Praça São Marcos em Veneza

Sua construção começou no início do século IX, inicialmente era uma área pequena frente à Basílica original de São Marcos, adotando o tamanho e a forma atual em 1177, sendo pavimentada somente 100 anos depois.

Situada no centro da cidade, a praça foi o local onde se deram os mais importantes eventos da história de Veneza, é a base do arcebispado desde o século XIX, palco de muitos festivais e o lugar mais popular de Veneza.

Piazza san Marco

Melhor Época Para Visitar a Praça São Marcos

A melhor época para visitar a Praça São Marcos é certamente entre setembro e meados de novembro, nesse período tem menos turistas na cidade, as temperaturas estão amenas e assim é possível curtir as atrações da cidade sem enfrentar grandes filas. Todavia,  independente da época, Veneza é um lugar para visitar em qualquer época do ano.

O Que ver na Praça São Marcos

A Praça de São Marcos é um lugar único e majestoso, aqui você vai encontrar belíssimos edifícios com obras arquitetônicas, igrejas e catedrais de tirar o fôlego.

1- Basílica São Marcos

A Basílica San Marco é uma das catedrais mais impressionantes do mundo. Ela se tornou a principal atração da cidade desde a construção no ano de 828, quando então os restos de São Marcos foram levados a Veneza.

Com estilo arquitetônico, a igreja abrange influências bizantinas, islâmicas e da Europa Ocidental. No interior, o Museu da Basílica contendo uma fascinante coleção de tapetes, assim como os cavalos de bronze de San Marco, um magnífico retábulo bizantino dourado conhecido como Pala D’Oro, um lindo piso de mármore embutido, entre outras maravilhas.

Basilica San Marco

2- La Piazzetta

Uma encantadora praça que é a única de Veneza e um dos seus principais destino turístico. A praça está sempre cheia de fotógrafos, turistas e muitos pombos, sua marca registrada.

3- Campanário

O espetacular Campanário da Basílica de São Marco, é um dos símbolos da cidade de Veneza. Construído no canto da arcada Procuratie Nuove, ligando a Piazza e a Piazzetta, é provavelmente a estrutura mais alta de Veneza e serviu como farol para guiar os navios de volta para casa.

Na idade média o campanário era usado surpreendentemente como pelourinho, os transgressores, incluindo adúlteros e padres renegados, eram confinados e sofriam punições que duravam semanas. Hoje tem um elevador que dá acesso a torre com vistas maravilhosas da cidade.

Campanário da Basílica São Marco

4- Palácio Ducal

Também conhecido como palácio Doge, é outro símbolo da cidade de Veneza e um dos maiores ícones arquitetônicos do mundo. Uma obra prima do gótico veneziano. Fundado em 1340 foi ampliado e modificado nos séculos seguintes, tornando-se museu em 1923.

5- Procuratie Ala Napoleónica

São três grandes edifícios conectados que trazem muita elegância, simetria e imponência à praça. Aqui era a sede dos antigos procuradores, principais funcionários da antiga República de Veneza.

Esses três edifícios são um exemplo da arquitetura veneziana do Renascimento. Atualmente abriga o Museu Correr, Museu del Risorgimento e o Museu Archeologico.

6- Museu Correr na Praça São Marcos

O Museo Correr (Museu municipal de Veneza) fica na Praça de São Marco, teve seu nome em homenagem a Teodoro Correr, descendente de uma das mais antigas e ricas famílias venezianas, que doou em 1830 a sua coleção de obras de arte à Veneza.

7- Museo del Risorgimento

O museu relata a luta de Veneza contra Áustria na revolução de 1848.

8- Museo Archeologico

Fundado em 1523 pelo cardeal Domenico Grimani, o museu conta a história de Veneza. O museu possui uma variedade de artefatos gregos, egípcios, assírios e babilônios, incluindo achados arqueológicos e pré-históricos.

Em suma, uma belíssima Praça!

Esses são entretanto apenas alguns dos lugares que você terá o prazer de visitar, e conhecer. A Praça São Marcos em Veneza oferece um passeio religioso completo e impressionante para os visitantes. Independente da crença, todos se apaixonam por essa belíssima praça.

Se você tinha dúvidas de onde fazer um retiro espiritual, é provável que essas dúvidas se acabaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: