Basílica di Sant’Andrea della Valle

A Basílica di Sant’Andrea della Valle teve suas obras iniciadas em 1590 e passou cerca de 70 anos para ser concluída. Durante esse tempo trabalharam alguns arquitetos como Gian Francesco Grimaldi e Giacomo della Porta, por exemplo. Isso ajudou a deixa-la com o estilo que possui hoje que é algo inacreditável de tão belo.

 Seu estilo barroco impressiona qualquer pessoa assim que entra na igreja. Além do mais, ela é bem ampla, suntuosa e possui muitos detalhes dourados. Por todos os lados que se olha é possível admirar diversos afrescos. Até no altar eles estão presentes em três pinturas enormes.

 Claro que tudo isso fez com que ela se tornasse o cenário do primeiro ato da ópera Tosca de Puccini. Sua cúpula é extraordinária e considerada a maior e mais alta que existente em Roma. Ela somente perde para a da Basílica de São Pedro que está localizada no Vaticano.

 Um detalhe muito interessante é que no meio da igreja há um espelho. Isso ajuda a ver melhor o teto e deixar o visitante ainda mais encantado. Além dos detalhes de sua arquitetura a basílica ainda possui diversas obras artes que merecem ser vistas com calma.

Basílica di Sant'Andrea della Valle
Basílica di Sant’Andrea della Valle

 Os turistas não costumam perder a oportunidade de ver esta igreja mais de perto. Afinal, além de possuir uma beleza magnífica ela está localizada em uma ótima região de Roma, na Piazza Vidoni. Com certeza vale muito a pena conhecer seus detalhes e um pouco de sua história.

Um pouco sobre a história

A ordem dos teatinos possui como sede mundial a basílica di Sant’Andrea della Valle. Seu planejamento teve início quando a duquesa de Amalfi, Donna Constanza Piccolomini d’Aragona, descendente do Papa Pio II, deixou a igreja de São Sebastião e o palácio como herança a ordem.




 Seu objetivo é que naquele local fosse construída uma nova igreja. A igreja foi consagrada a Santo André que era o padroeiro de Amalfi. As obras tiveram início em meados de 1590 sendo comandada por Pier Paolo Oliviéri e Giacomo della Porta. Quem patrocinou a construção foi o cardeal Gesualdo.

A cúpula da Basílica di Sant'Andrea della Valle
A cúpula da Basílica di Sant’Andrea della Valle

 Entretanto, ele faleceu e após esse fato os trabalhos passaram a ser dirigidos pelo sobrinho do Papa Sisto V, o cardeal Alessandro Peretti di Montalto.

 Os trabalhos foram reiniciados em 1608. Naquela ocasião houve uma doação muito boa que ultrapassaram os 150.000 scudi de ouro. Desta vez, quem a dirigiu foi Carlo Maderno e ela tomou proporções mais grandiosas.

 Foi em 1650 que seu interior foi finalizado sendo que alguns retoques foram acrescentados por Francesco Grimaldi. Entre os anos de 1655 e 1663 é que sua fachada barroca foi construída por Carlo Rainaldi. Quem a custeou foi o cardeal Francesco Peretti di Montalto que era sobrinho de Alessandro.

 Ela somente veio a ser elevada a basílica menor no mês de dezembro de 1965 pelo Papa Paulo VI. A beleza de Sant’Andrea della Valle serviu de modelo para outras igrejas que surgiram com o passar dos anos. Alguns ótimos exemplos são a Igreja de Santa Ana em Cracóvia e a de São Caetano em Munique.

Di Tango7174Opera propria, CC BY-SA 4.0, Collegamento

Quem foi Sant’Andrea della Valle

Santo André é um santo da Igreja Católica e que era o padroeiro da duquesa de Amalfi, Donna Constanza Piccolomini d’Aragona.  Foi ela quem deixou como herança a igreja adjacente de San Sebastiano e seu palácio. Foi neste local que a basílica foi construída, pois seu intuito era que ali houvesse uma nova igreja.

Por esse motivo e como uma forma de homenagear a ambos a igreja foi consagrada a este santo. Acredita-se que foi acrescentado della Valle por causa do Palazzo Della Valle que é vizinho ao prédio desta basílica

Quando visitar

A Basílica di Sant’Andrea della Valle está localizada na Piazza Vidone que fica no bairro de Santo Eustáquio. Para poder visitá-la e admirar toda sua beleza é preciso ter atenção com os horários das missas. Afinal, é comum que as grandes igrejas suspendam as visitas turísticas nesses momentos de oração.

O teto da Basílica di Sant'Andrea della Valle
O teto da Basílica di Sant’Andrea della Valle

 Esta basílica abre todos os dias a partir das 7h30 até às 12h30 e das 16h30 até às 19h30. Com relação ao horário das missas elas ocorrem de segunda a domingo às 9h, 11h e 19. Aos sábados apenas às 9h e 19h.

 A Basilica di Sant’Andrea della Valle é uma construção antiga que está localizada em Roma e que recebe a visita de inúmeros turistas. Ela possui um estilo arquitetônico belo além de conter obras de arte impressionantes.

 Conte-nos o que achou do nosso conteúdo e caso queira dê sua opinião a respeito da nossa página. Gostou do que postamos? Então compartilhe-o nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: