Igreja de San Luigi dei Francesi

Não é nenhum segredo que Roma é o lar de inúmeras igrejas. Porém algumas delas são particularmente especiais por custodiar obras de arte históricas de pintores e escultores ilustres. Uma delas é a Igreja de San Luigi dei Francesi ( São Luís dos Franceses ), que foi construída em 1500 por ordem de um cardeal da família Médici, que mais tarde se tornaria o papa Clemente VII.




Caterina de ‘Medici que se casou com o rei francês, que contribuiu para a construção da igreja doando a terra em que ela foi construída, fortalecendo assim ainda mais a ligação com a França.

A Igreja de San Luigi dei Francesi ocupa o lugar da antiga igreja de Santa Maria, de propriedade da família Medici. A sua construção foi iniciada em 1518, mas a igreja só foi consagrada em 1589.

Passagens históricas da Igreja de San Luigi dei Francesi ( fonte wikipedia )

Quando os sarracenos atearam fogo à Abadia de Farfa em 898, um grupo de refugiados em fuga estabeleceu-se em Roma. Com o passar do tempo, mesmo depois que seu abade Ratfredo (934-936) reconstruiu a abadia, alguns dos refugiados decidiram permanecer. Anos mais tarde a Abadia já possuía igrejas, casas e outras inúmeras propriedades em Roma.

By: Daniel X. O’Neil

Em 998 Otto III, imperador do Sacro império Romano, confirmou a propriedade de três igrejas: Santa Maria, San Benedetto e o Oratório de San Salvatore. Quando cederam suas propriedades à família Medici em 1480, a igreja de Santa Maria tornou-se a igreja de San Luigi dei Francesi.

O Cardinal Giulio di Giuliano de ‘Medici encarregou a Jean de Chenevière a construção de uma nova  igreja para a comunidade francesa em 1518. O projeto de Chenevières previa um edifício octogonal, planificado no centro. No entanto, as obras foram interrompidas quando Roma foi saqueada em 1527 ea igreja foi finalmente concluída em 1589 por Domenico Fontana e Giacomo della Porta, que projetou a fachada,  com um projeto completamente diferente.

A igreja foi consagrada pelo cardeal François de Joyeuse, protetor da França, perante a Santa Sé, em 8 de Outubro de 1589.

O interior foi restaurado por Antoine Derizet entre 1749 e 1756. A fundação Pieux Etablissements de la France à Rome et O Lorette é responsável pelas cinco igrejas francesas em Roma e pelos condomínios de Roma e Loreto. A fundação é governada por um “deputado administrativo” nomeado pelo embaixador da França junto à Santa Sé.

Igreja de San Luigi dei Francesi por dentro
By: Hemant Bedekar

Dentro, San Luigi dei Francesi é repleta de decorações barrocas ( não faltam coisas para se ver ), mas a maior atração é a série de três pinturas de São Mateus feitas por Caravaggio. Estas pinturas foram encomendadas especialmente para Igreja de San Luigi dei Francesi , por isso é uma grande oportunidade ver estas obras de arte em sua casa original, em vez de um museu de arte.

Esta igreja aloja um trio famoso de pinturas de Caravaggio. “A Vocação de São Mateus, O Martírio de São Mateus e São Mateus e o Anjo”. Os dois últimos são coletivamente conhecidos como o “ciclo de São Mateus.” Estas três pinturas, estão alojadas na capela Contarelli à esquerda do altar-mor, e estão entre as mais antigas obras religiosas de Caravaggio, construídas entre 1600 e 1602. Nestes trabalhos, nota-se  claramente as características do realismo e o uso impressionante do claro-escuro ( o contraste audaz entre a luz e o escuro).

Antes de deixar a igreja, conceder um momento para admirar os afrescos desbotadas do século XVII de Santa Cecília, a segunda capela situada no lado direito do altar . Santa Cecília também é representada no retábulo de Guido Reni, uma cópia de uma obra de Rafael.

Informações práticas

A Igreja de São Luigi dei francesi está localizada no centro de Roma perto da Piazza Navona, é aberta de sexta a quarta-feira das 10h às 12:30 e das 15:00 às 19:00, as quintas-feiras das 10h às 12:30. A entrada é gratuita, mas é possível iluminar as fabulosas pinturas de Caravaggio, inserindo uma moeda de 1 na caixa de ofertas.A igreja está localizada na Via Santa Giovanna d’ arco 5, não muito longe da Piazza Navona. Para chegar lá, é aconselhável pegar uns dos  ônibus números  30, 70, N6 e N7, que da Estação Termini param a poucos minutos da igreja.

Horário das Missas
  • De segunda à sexta as 19:00 horas
  • sábado as 12:30 horas
  • feriados as 10:30

Durante a celebração da santa missa não é possível visitar a igreja. A missa é celebrada em francês.

Finalmente, no que diz respeito aos lugares para comer, o mais próximos são o McDonald ‘ s na “Piazza Cinque Lune” e a  Osteria Renaissance.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: