Igreja de santo Inácio de Loyola

Com seu estilo barroco, a Igreja Santo Inácio de Loyola não surpreende só pela sua fachada, mas também por ser uma das igrejas mais visitadas de Roma.

Como sabemos, em Roma existem muitas igrejas, mas existem fatores importantes que fazem umas serem mais visitadas que outras. A Igreja de Santo Inácio de Loyola é seguramente uma dessas igrejas. Todos os visitantes que entram e olham para o seu teto ficam admirados com os diversos efeitos de ilusão de ótica presentes nela.

O mais interessante de tudo é a história que ronda a construção da igreja, que nos diz que ela foi construída com poucos recursos financeiros.

Um pouco da história da Igreja Santo Inácio de Loyola

A igreja foi dedicada a Inácio de Loyola, um dos homens mais importantes no processo de colonização do Brasil. Ele foi o criador da Companhia de Jesus, onde os jesuítas participaram do processo de catequização.

Igreja santo Inacio de Loyola
Igreja santo Inácio de Loyola

A igreja inicialmente era uma simples universidade jesuíta, que foi construída no local de uma outra igreja que anteriormente abrigava muito poucos estudantes de teologia. A universidade era simples e gratuita. Foi fundada em 1551 porque acreditava-se na importância do investimento em educação e religião para os jovens.

Inácio de Loyola se dedicou a formar a Companhia de Jesus e se dedicar no caminho religioso e educacional com a escola gratuita de gramática, humanidades e doutrina religiosa, onde em pouco tempo o seu modelo jesuíta se tornou um exemplo para toda a Europa.





Ao construir a igreja eles passaram por muitas dificuldades pois não tinham dinheiro e muito menos o investimento e incentivo de homens influentes da época. Com toda a dificuldade financeira enfrentada, a igreja não possuía dinheiro para investir na criação de uma cúpula.

De início a igreja ficaria sem a cúpula, porém Andrea del Pozzo fez um trabalho extremamente incrível. Ele criou uma pintura tridimensional no teto, onde há a ilusão de ótica e todos poderiam jurar que aquilo se tratava de uma cúpula.

Um pouco da história de Santo Inácio de Loyola

Santo Ignacio de Loyola

Inácio de Loyola, batizado como Inigo López, nasceu em 31 de maio de 1491, em Loyola. Ele era o mais novo dentre os treze filhos de seus pais. A sua mãe faleceu enquanto ele era ainda muito novo e o seu pai faleceu quando ele tinha 16 anos.

Em um determinado momento de sua vida, após dedicar-se a alguns reis e passar por algumas dificuldades, Inigo decidiu adotar a leitura como o seu principal passatempo e com isso começou a ler um livro intitulado como ‘’Vita Christi’’, que contava sobre a vida dos santos.

Com isso ele ficou muito empolgado e decidiu dedicar a sua vida a Deus. Além disso, ele foi inspirado também por Francisco de Assis. Inácio de Loyola fez muito pela educação e ensino religioso do país, foi o fundador da Companhia de Jesus.

Ele faleceu em 31 de julho de 1556. Foi beatificado em 27 de julho de 1609 e foi canonizado em 12 de março de 1622.

Horário e o que ver na Igreja de Santo Inácio de Loyola

S. IGNAZIO DI LOYOLA
S. IGNAZIO DI LOYOLA

Você pode visitar a igreja nas terças, quintas e sábados, no horário das 15h às 18h. As visitas não acontecem durante o mês de agosto. Dentro da igreja você pode ver:

– Afrescos do pintor André del Pozzo

Os afrescos do pintor foram realizados em linha reta, porém em um teto curvo. Os afrescos foram pintados em modo tridimensional e isso faz com que o teto pareça muito mais alto e profundo, formando assim uma cúpula. Ao entrar na Igreja de Santo Inácio de Loyola olhe para cima que você vai ver o maravilhoso resultado.

– Esculturas e estátuas

Há muitas esculturas e estátuas para ver por lá, porém a mais procurada é a ‘’Magnificência e Religião’’.

Assim…

Depois de conhecer um pouco sobre a história da Igreja Santo Inácio de Loyola, aposto que deu aquela vontade de dar uma passada por lá, nem que seja só para conferir os maravilhosos efeitos de ilusão de ótica presentes no teto da igreja.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: