O Duomo de Milão

Ponto turístico dos mais icônicos da Itália, o Duomo de Milão é uma catedral das mais famosas do mundo. Não por acaso, é sem sombra de dúvida um dos lugares que merecem a visita de qualquer fã de religião, mas não só isso.

 Quem aprecia história e até mesmo a arte de modo geral, também goza de uma experiência única no local. Mas o que há de tão especial nesse emblemático monumento histórico e religioso? Na sequência nós respondemos essas e outras perguntas sobre o lugar. Confira!

O que ver no Duomo de Milão?

O primeiro destaque do monumento pode ser visto logo na chegada, ainda da praça que antecede o templo. Trata-se da fachada, que tem nada menos que 8.200 blocos de mármore.

O Duomo de Milão

Isso sem contar as mais de 2 mil (2.300 para ser exato) estátuas disponíveis para contemplação. Mas é claro, essa é só a “ponta do iceberg”, por assim dizer. Nos sub tópicos a seguir falamos detalhadamente sobre os outros pontos que merecem atenção.

A parte interna do Duomo de Milão

No interior da Catedral de Milão, não é difícil encontrar detalhes capazes de encantar. Um dos pontos que chamam a atenção, por exemplo, é a diferença na cor do mármore em relação ao que se apresenta na parte externa.

Isso se deve principalmente à limpeza que as peças da parte exterior experimentou na última década. Como o mesmo não aconteceu no interior, o mármore do local é consideravelmente mais escuro.




 Apesar da ausência de iluminação no interior, é possível percorrer pelas 5 naves que compõem o monumento, que aliás, é o quarto maior da Europa considerando as Catedrais. Não por acaso, chama a atenção a imponência das colunas que sustentam a construção.

Duomo de Milão
Duomo de Milão

 É também na parte interna que é possível contemplar os vitrais que foram trocados por pedaços de madeira na Segunda Guerra. Eles narram trajetória de santos e profetas.

 Além disso, também existem os sarcófagos da nobreza milanesa, que são feitos de mármore e enriquecem o interior de diversas capelas laterais.

 Por último, mas não menos importante, ainda é possível observar as estátuas famosas, como por exemplo, a de São Bartolomeu dissecado.

Subterrâneo do Duomo de Milão

Passando pelo interior da Catedral, é chegado o momento de conhecer o subterrâneo do lugar. Esse talvez seja o ponto mais icônico para aqueles que apreciam a história.

 Por meio de uma escada se obtém o acesso a essa parte onde estão diversos restos da vida romana no Século IV.

 Entre as peças estão detalhes de algumas basílicas antigas de Santa Tecla, além de Santa Maria Maggiore. Por não ser uma parte muito extensa, a visita no local costuma durar pouco, mas proporciona uma experiência memorável.

Os telhados do Duomo de Milão

Detalhe do teto do Duomo de Duomo de Milão
Detalhe do teto do Duomo de Milão

Quando o assunto é esse emblemático templo de Milão, os telhados é seguramente o que mais chama a atenção dos turistas. Isso porque o teto da catedral é completamente percorrível, ou seja, é possível caminhar tranquilamente sobre ele.

É nesse ponto que o turista tem a clara noção da magnitude do local, além do que, também é nele que se obtém uma vista completa da cidade. Graças à altura também se torna possível observar os pináculos e estátuas, além de tudo o que é belo e merece destaque no próprio Duomo. Uma experiência impagável.

Um pouco da história

Com mais de 500 anos de existência, a Catedral teve sua construção iniciada pela parte de trás (abside). De acordo com historiadores, isso se deu por volta de 1386, mas foi somente em 1418 que o altar maior recebeu a consagração do Papa.

O Pontífice responsável por tal ato foi Papa Martinho V. Não é por acaso, portanto, que também recomendamos uma visita ao abside para conhecer o ponto de origem de todo o monumento do Duomo de Milão.




 É importante destacar também que, por ordem de Napoleão, o local foi finalizado “às pressas”, por assim dizer. O motivo é que ele queria se coroar rei da Itália neste local em 1813.

Horários e endereço

Para quem deseja visitar o local, o endereço é Piazza del Duomo, 20122 Milano MI, Itália. A Catedral está aberta à visitação diariamente das 7:00 às 18:45. É importante ressaltar, porém, que pessoas com regatas, mini-saias, shorts ou blusas com decotes não podem entrar no local.

Duomo de Milão ingressos

Em relação aos ingressos, eles são vendidos de acordo com o interesse turístico do visitante. Isso significa que, existem pacotes diferentes para características específicas da visita ao monumento histórico e religioso.

 Maiores informações e os próprios ingressos, podem ser obtidos na parte externa do Duomo de Milão nas bilheterias que lá estão instaladas.

La madonnina- Nossa senhora
La madonnina- Nossa senhora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: