Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor 

O Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor é um dos destinos mais populares para peregrinos da Itália. Em italiano se diz, Santuario della Madonna del divino amore, é muito mais do que uma simples parada ou local de visitação.

É um santuário que consiste em duas igrejas. A mais antiga remonta à primeira metade do século XVIII, enquanto a igreja mais moderna foi completada em 1999.

Localizado nos arredores de Roma, durante as agradáveis noites de verão o santuário se transforma no cenário ideal de culto, para os peregrinos que chegam a pé de todas as partes da Itália, mais precisamente nos sábados.

Apesar de toda a beleza e do charme espiritual ilimitado, as dezenas de milhares de fiéis que visitam a Madona do divino amor, pouco sabem das origens de um Santuário que esconde uma alma fascinante por dentro. Isso ocorre porque sua história tem conotações que juntas podem combinar  narração e lenda, em uma mistura a ser explorada.




Um pouco sobre Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor

O Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor, se distingue de todos os lugares de peregrinação religiosa. Ao contrario de outras metas religiosas, ele não surge como resultado da “clássica” aparição da Virgem Maria.

Na verdade, o principal protagonista da primeira aparição foi um viajante humilde que, se perdeu durante o caminho. Ele vagou entre os campos pouco distantes de Roma, em busca de uma alma bondosa que o ajudasse a encontrar a estrada justa. Embora, com toda a probabilidade seja uma lenda, estima-se que os campos mencionado acima, corresponda ao de Castel di Leva, localizado a cerca de 12 quilômetros de Roma.

Santuário da Nossa Senhora do divino amor 

Di LalupaOpera propria, CC BY-SA 3.0, Collegamento

Este viajante perdido, vendo a distância algumas fazendas, se dirige naquela direção. No entanto, ele é quase imediatamente perseguido e atacado  por alguns cães famintos. Dirigindo-se o olhar para o alto, surge uma visão diante dele. Uma imagem que representava a Virgem que segurava o Menino Jesus.

Essa visão provocou dentro de sua própria alma uma vontade quase incontrolável de invocar Nossa Senhora, para pedir proteção contra esse perigo. Neste ponto, quase por magia, as bestas fogem, quase como se estivessem assustadas por uma entidade suprema e superior.

Ao ouvir os gritos insistentes e assustados do viajante desconhecido, os habitantes da região correram até lá. Após terem testemunhado o evento que acabou de passar, indicaram ao peregrino o caminho correto para o seu destino: Roma.

O Começo do Santuário de Madonna do Divino Amor

Apesar de não sabermos o nome do viajante, vozes desse prodigioso episódio se expandiu em toda a área circundante. Em pouco tempo assumiram proporções tão grandes e majestosas que resultaram na construção do Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor. O Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor simboliza um fenômeno tão único, e tanto quanto surpreendentemente raro.

Após um século da construção, o santuário foi colocado pela primeira vez sob a jurisdição de um guardião dos eremitérios. Sucessivamente passou às mãos dos sacerdotes que se estabeleceram ali no período de Pentecostes ( devido aos enormes fluxos de peregrinos ).

Em ocasião do centenário, isto é, em 1840, o Santuário da Madonna de Divino Amor foi completamente restaurado. Inúmeros melhoramentos foram feitos, mas posteriormente, no início do século XX o santuário voltou a viver um período de decadência.

Nossa Senhora do Divino Amor – Madonna del Divino More

Logo após o final da Segunda Guerra Mundial, a estátua de nossa senhora que tinha sido transferida para um lugar seguro ( uma proteção contra os bombardeios ), foi trazida de volta a sua casa. Como consequência, houve um grande impulso espiritual comandado por Don Terenzi, que doou um novo e vigoroso sangue vital. Isto até a colocação da pedra fundamental do novo e moderno Santuário, presidido pelo então cardeal vigário Camillo Ruini.

Nos dias de hoje, a direção do Santuário da Madonna do Divino Amor, propõe aos fiéis itinerários e passeios guiados. Esses itinerários são voltados aos cenários históricos e artísticos com a intenção  de estimular simultaneamente o corpo e a alma.

A profunda devoção levou a cidade a ser coberta por numerosas bancas de jornais, cujas paredes circundantes, por vezes, contêm bilhetinhos com a frase “pelas graças recebidas”.

Para os horários das missas click aqui.

O Santuário fica na via del Santuario n°10 Roma click aqui para o endereço\mapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: