Visitando os Museus Vaticanos

Os maravilhosos  Museus Vaticanos estão entre os mais extensos e interessantes complexos de museus do mundo.

Eles estão localizados na cidade do Vaticano, próximo a Basílica de São Pedro, precisamente no endereço, viale Vaticano em Roma. São absolutamente um dos lugares a serem visitados quando em uma a Roma.

Os museus vaticanos foram fundados no século XVI pelo Papa Júlio. Sob a orientação de Juliano de Sangallo e Michelangelo Buonarroti o papa comprou uma estátua encontrada em uma vinha perto de Santa Maria Maior, a estátua de Laocoonte.

A estátua de Laocoonte, o sacerdote que tentou em vão persuadir os troianos a não aceitar o cavalo de madeira oferecido pelos gregos.

Era 1506, quando a estátua “O grupo de Laocoonte”que representava Laocoonte e seus filhos enroscados em uma serpente marinha foi exposta no Vaticano. Contudo, os museus vaticanos foram realmente abertos ao público somente em 1771 a mando do Papa Clemente XIV )

O complexo dos museus vaticanos são formados por vários museus e coleções de arte, são eles:

A Pinacoteca Vaticana, preserva obras datadas entre os séculos XII e XVIII, modelos de argila utilizados por Bernini e dez obras em tapeçaria feitas em Bruxelas a partir de esboços de Rafael;

Museu Pio Clementino, onde estão expostos os exemplares a o Grupo de Laocoonte;

Museu Missionário de Etnologia, se encontram documentadas manifestações religiosas e cultos de outros continentes. É composta principalmente de presentes dados ao Papa;

Museu Gregoriano Egípcio, ao seu interno é presente uma grandiosa coleção de artefatos egípcios. Alias, inclui uma série de estátuas representando deuses antigos e de membros da família real; 

Museu Gregoriano etrusco, dispõe de oito galerias e contém inúmeros artefatos vindos de escavações etruscas realizadas no século XIX;

Museu Pio Cristiano, existem preservados, entre outras, relíquias das Catacumbas Romanas e numerosos sarcófagos;

Museu Gregoriano Profano, onde encontram expostas esculturas gregas e romanas e fragmentos do Parthenon em Atenas;

Museu da Biblioteca Apostólica Vaticana, exibe vários testemunhos de arte sacra;

Museu Chiaramonti, abriga várias esculturas romanas;

Capela Sistina, dedicada a Maria Assunta no céu, contém certamente um dos afrescos mais famosos do mundo. Primordialmente realizado por Michelangelo Buonarroti, O juízo Final ( il Giudizio Universale em italiano ).

By: cineparadisoblog03

Conselhos ao visitar os Museus Vaticanos

É praticamente impossível visitar todos os museus Vaticanos em um único dia. Por isso é aconselhável escolher desde o início que os museus e complexos que você deseja visitar.

É também aconselhável comprar antecipadamente as entradas para evitar as longas filas ( É possível comprar as entradas online ).

O bilhete inteiro custa 16 euros, em caso reserva online haverá um acréscimo de 4 euros que dá direito a saltar a fila.

A Entrada para peregrinos custa 8 euros, todavia é necessário fazer a reserva online. Crianças até 6 anos não pagam, portadores de deficiência superior a 74% também, mas é preciso apresentar os certificados. Todas as entradas compreendem Audio-guia em diversas línguas.

Dentro do complexo é possível encontrar diversos serviços como, ar condicionado, guarda-roupa, bar, restaurante, banheiros, primeiros socorros, câmbios e lojas.

O acesso as museus vaticanos é permitido somente aos visitantes vestidos de maneira decorosa.

O complexo fica aberto de segunda à sábado das 09 às 18 ( com último ingresso as 16 ), todos os últimos domingos do mês das 09 às 14 ( com último ingresso as 12.30 ).

Como chegar aos museus vaticanos:

Metro-linha A direção Battistini, estação Ottaviano ou Cipro – ônibus n 49, parada em frente aos museus Vaticanos – ônibus 32, 81, 982, parada Piazza del Risorgimento ônibus 492, 990, parada via Leone IV – Bonde19, parada Piazza del Risorgimento – Pontos de Taxi em frente ao museu

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: