Ostia Antiga, Arqueologia e História de Roma

A Ostia Antiga fica localizada a mais ou menos 25 km ao oeste da cidade de Roma e é extremamente conhecida não somente pela sua beleza, mas também por estar localizada em um ponto estratégico do país que fez com que ela fosse de fundamental importância para o desenvolvimento de todo o território.

Em Ostia está localizada a praia mais próxima de Roma e também é um ponto que abriga uma maravilhosa zona arqueológica, onde podemos ver as ruínas do porto, o que faz com que tenhamos uma boa base sobre o verdadeiro estilo de vida que existia naquele local.

A história da Zona Arqueológica de Ostia Antiga

A Ostia Antiga é um lugar carregado de história, foi um dos principais locais que ajudaram Roma a desenvolver-se comercialmente. Mas por mais incrível que pareça, a Ostia Antiga permaneceu enterrada por mais de 10 séculos.

É difícil entender porque um lugar economicamente importante dotado de um porto entrou em declínio e ficou abandonada. Todavia, acredita-se que tudo isso aconteceu por conta da malária que se tornou uma epidemia na cidade, levando miséria, morte e tristeza.

Ostia Antiga




Com mais de 100 mil habitantes, o local perdeu parte da população para a doença e os que sobreviveram só pensavam em fugir do local, indo assim para lugares mais distantes e deixando o porto abandonado, o que fez com que a cidade ficasse enterrada embaixo de areia.

Por conta disso, a Ostia Antiga encontra-se bem conservada até os dias atuais.

O que ver na Arqueológica de Ostia Antiga

Há muitas coisas históricas que podem ser vistas nesse lugar, principalmente se você quer entender como funcionava o comércio, o modo de vida deles e a sua história. Em um passeio por lá é indicado que você vá com algo que te proteja do sol e passe bastante protetor solar, pois não há muitas sombras no local.

Além disso, é importante manter sempre a hidratação em dias com bastante água.

– Calçada principal

Ostia Antiga

 

Na calçada principal podemos observar os restos de construções que funcionavam no local antes que a cidade fosse enterrada pela areia. Podemos ver o quão importante e grande era o porto para a população, não somente para fins comerciais, mas também para fins religiosos.

Andando pela Decumanus Maximus, a calçada principal, podemos ver o resto de 18 tempos onde eram realizados cultos para o deus Mitra, deus protetor das armas e que protegiam os soldados e heróis em batalhas.

Além dos templos podemos ver também uma sinagoga judia e uma igreja cristã.

– Teatro

O teatro foi um local restaurado para que pudesse voltar a ter utilidade. Durante o verão acontecem diversas apresentações nele. Então, se você quer visitar este teatro histórico, é essencial visitar a cidade durante o verão.

Anfiteatro de Ostia Antiga

– Ruínas das termas

As termas romanas eram locais utilizados pela população para tomar banho em público. É possível ver as suas ruínas pela zona arqueológica de Ostia Antiga.

– Mosaicos

Há diversos incríveis mosaicos que chamam a atenção de quem passa pela cidade. Eles são verdadeiras obras de arte onde muitas vezes a delicadeza com um conjunto de elegância prevalecem.

Um dos principais mosaicos para ver é o Mosaico das Termas dos Cisiari.

Em resumo…

Ostia Antiga

A zona arqueológica de Ostia Antiga é um local que está muito bem conversado e nos mostra como o local foi importante para o desenvolvimento da cidade e até mesmo do país, já que era um dos portos principais onde chegava e saía diversas mercadorias.

Se você não é muito fã de antiguidades e coisas históricas, a Ostia pode não ser um lugar muito recomendado para você. Mas se você curte entender sobre civilizações e sua formação, esse passeio será muito legal.

Ostia Antiga

Um comentário em “Ostia Antiga, Arqueologia e História de Roma

  • 19 setembro 2018 em 10:02
    Permalink

    Parabéns pelas publicações.
    As dicas são úteis e a exposição histórica é clara e objetiva.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: