Caminho dos Anjos, Peregrinação de Roma a Assis

A peregrinação de Roma a Assis, também conhecida como Caminho dos Anjos faz parte do itinerário religioso de São Francisco. O Caminho dos Anjos passa por alguns lugares importantes para o santo testificando sua vida e sua religiosidade. Em suma, são 200 km atravessando lugares sagrados para cristãos.

O “Caminho dos Anjos” percorre principalmente estradas simples de terra, mas as vezes também cruza ruas antigas importantes como a via Cássia. É possível ver placas de mármore com seus ensinamentos fixadas em diversos lugares durante o percurso. 

Durante a peregrinação de Roma a Assis, é corriqueiro encontrar e conhecer pessoas relacionadas ou aparentadas com o santo.

O caminho dos Anjos.

Percorrer os 200km que formam o Caminho dos Anjos não é tão simples. Não é simples hoje e muito menos quando a fez São Francisco. 

O propósito da peregrinação é abandonar as certezas vida e caminhar na direção de Deus. É hora de deixar o conforto e o egoísmo de lado.

Aprender a valorizar coisas simples, como a água de uma fonte ou uma pequena vela que ilumina uma pequena capela. Em suma, é uma peregrinação real. O caminho para o espírito em busca do significado de sua própria existência.

A peregrinação de Roma a Assis geralmente inclui 14 estágios:

1) De Roma a Monte Sacro:

a peregrinação geralmente começa em um lugar símbolo para os católicos a “Basílica de São Pedro”. De são Pedro em direção às cidadezinhas menos caóticas da Sabina Laziale. A partir dali se tem súbito a impressão de uma vida mais calma.

A calma nos transmite o amor pela natureza e paz de São Francisco. A nível histórico, é possível apreciar o Castel Sant’Angelo, Ponte Milvio, o parque da Villa Glori e finalmente, a Mesquita de Roma. 

2) De Monte Sacro a Monterotondo:

Partindo da Igreja dos Santos Anjos da Guarda. se atravessa a reserva natural da Marigliana, onde se encontra o mais antigo assentamento da região Lácio ( Lazio ).

Ainda é possível admirar os vestígios da antiga cidade Crustumério. Se caminha pelos arredores de Monterotondo até chegar ao Duomo, Basílica de Santa Maria Madalena.

3) De Monterotondo a Ponticelli Scandriglia:

Nesta etapa da peregrinação é possível observar os restos medievais da “Torre della Fiora”. Se Caminha por estradas em meio a natureza que evocam estradas romanas como a via salários e a antiga Via Nomentana, para em seguida, chegar a Ponticelli.

4) De Ponticelli de Scandriglia a Poggio San Lorenzo: 

Aqui as belezas naturais, paisagísticas e históricas são as verdadeiras protagonistas. Logo após as montanhas de Scandriglia encontramos a igreja de São Martinho em Poggio Moiano. 

É necessário cruzar os olivais até chegar a um dos mais importantes edifícios religiosos de toda a peregrinação: O santuário de Santa Vittoria ( igreja romana do ano 1100 dotada uma espiritualidade e beleza única ). É possível visitar a arqueológica de Trebula Mutuesca localizada nas proximidades.

Sucessivamente encontramos a cidadezinha medieval de Monteleone Sabino, finalizando com as muralhas romanas de Poggio San Lorenzo.

5) De Poggio San Lorenzo a Rieti:

Esta etapa nos leva ao coração da via di San Francesco, o vale sagrado de Rieti. Em Rieti, uma cidade medieval, podemos visitar a Catedral de Santa Maria Assunta. Nesta cidade se encontram abertas à visita muitas igrejas, museus e monumentos.

By: Gianmaria Zanotti

6) de Rieti a Poggio Bustone: 

Nesta fase, como disse São Francisco, aqui fica a via de fuga da “bomba do mundo”. Se respira área de paz, além dos dois santuários importantes do vale franciscano, Poggio e a Floresta. lugares onde o Santo muitas vezes passou alguns dias. O próximo passo é a subida no bosque de Poggio Buscone. Se diz que são Francisco saudou os habitantes da cidade com a exclamação “bom dia, boas pessoas!”

7) A partir de Poggio Bustone a Piediluco: 

Nesta fase, pode-se meditar na faia ( um tipo de árvore ) de São Francisco, lugar em que o Santo se reparou ao ser surpreendido por um forte temporal. Os  ramos dobrados como um guarda-chuva o protegia dos raios. Além disso, também é possível visitar  lago de Piediluco são preservadas suas memórias .

8) de Piediluco a Arrone:

Um passeio ao longo do Lago de Piediluco e do Rio velino, transmite uma sensação de paz e admiração. O  rio cria a espetacular “cachoeira de Mármore”, uma das mais belas cachoeiras da Europa. finalmente se chega a Arrone, considerada uma das 100 mais belas cidadezinhas da Itália.

9) De Arrone a Ceselli:

Agora, partindo da Arrone, da igreja Colegiada de Santa Maria Assunta, continuamos ao longo das margens do rio. Das margens do rio é possível  admirar os castelos de Ferentillo, Matterella e Precetto. Durante o caminho, atravessamos um pequeno povoado onde fica Igreja de Santo Stefano, famosa pelo Museu de múmias. Continuando no caminho chegaremos na Abadia de São Pedro, reconhecível pela sua imponente torre do sino e pelas excepcionais obras de arte no seu interno. Concluímos esta etapa com a chegada em Ceselli.

10) De Ceselli a Spoleto:

Neste trecho vamos ver os bosques fantásticos e deslumbrantes do Valle del Nera. Sentiremos uma estranha sensação ao caminhar por Sensatti, cidadezinha quase fantasma.

Chegaremos enfim a “capela de São Francisco” no bosque sagrado de Monteluco” lugar de meditação e oração. Todavia não é a única capela que se encontra ao longo do caminho, também encontraremos “a capela de São Jerônimo, a capela das Graças, a Igreja de São Paulo Protoeremita. Para finalizar, uma parada na Catedral de Spoleto onde estão conservadas preciosas cartas de São Francisco. 

11) De Spoleto a Poreta: 

A partir da Catedral de Spoleto, faremos uma pequena caminhada até um dos patrimônios da UNESCO, a Basílica de São Salvador. A seguir voltaremos às montanhas arborizadas da Valnerina, de onde é possível ver Trevi e Assis. Para concluir chegamos a Poreta.

12) De Poreta a Trevi: 

Novamente imersos entre as oliveiras, chegaremos à capela Franciscana das cotovias, a capela e a gruta, onde São Francisco passou um pouco de seu tempo. Sucessivamente encontraremos o lugar onde aconteceu a visão de Fra ‘ Pacifico. Chegando em Trevi não deixe de visitar o complexo do Museu de São Francisco “. O  Museo da civilização da Oliveira, o Museu Arqueológico, a igreja com um esplêndido órgão do século XVI, a Pinacoteca, para admirar uma comovente Madonna ( Nossa Senhora ) com o filho obra de Pinturicchio.

13) De Trevi a Foligno:

Este trajeto é caracterizado por uma longa caminhada campestre , até chegar ao centro histórico de Foligno. No centro encontraremos uma placa nos lembra que foi aqui que são Francisco vendeu as vestes de seu pai para ajudar na restauração da Igreja de São Damião.

14) De Foligno a Assis:

Entre Foligno e Assis, fica Spello, famosa pelas suas ricas obras de arte e monumentos. Deixando Spello , chegaremos à primeira Basílica importante, a Basílica de Santa Clara, em seguida, a viagem termina com a chegada à Basílica Inferior, onde se encontra o túmulo de di São Francisco.

3 comentários em “Caminho dos Anjos, Peregrinação de Roma a Assis

  • 1 novembro 2018 em 10:32
    Permalink

    Bom dia precisaria de duas informações. 1- esse trajeto é todo ele a pe. 2- qual seria o custo basico para esse trajeto.

    Resposta
    • 5 novembro 2018 em 12:49
      Permalink

      Bom Dia, Edgard ! Obrigado pelo interesse. Com relação ao trajeto, na maioria das vezes ele é feito todo a pé por estradas secundárias. Se você gosta de pedalar também existem grupos de ciclistas que fazem esta peregrinação.
      Quanto a segunda pergunta, o custo varia em base a quantas paradas ( pernottamento )você faz, contudo, se tratam de albergues ou casas paroquiais muito simples e com valores muitos baixos.

      Resposta
  • 22 janeiro 2019 em 18:34
    Permalink

    Boa tarde!
    Encontrei o blog e justamebte esse Caminho de Roma a Assis que estou pretendendo fazer.
    Parece que existem trechos que são difíceis. Gostaria de saber quais os trechos e se há transporte para pular de Cidade?
    Obrigada

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: