Santo Antônio de Pádua

Você com certeza já ouviu falar do Santo Antônio de Pádua, conhecido popularmente como Santo Antônio. Mas você sabe quem realmente de fato foi este homem e como ele contribuiu para o fortalecimento da fé católica? Neste texto te explicaremos quem foi Antônio de Pádua.

Quem foi santo Antônio de Pádua?

Sendo definido como um santo dos milagres, protetor das coisas perdidas, dos pobres e casamentos. Santo Antônio de Pádua reunia uma multidão por onde passava. Nessas multidões apareciam muitos doentes que ficavam curados.

Santo Antônio de Pádua, nascido como Fernando Antônio de Bulhões, foi um homem que nasceu em Lisboa (Portugal), em 15 de agosto de 1195. Ele era oriundo de uma família rica, sendo filho único de um oficial do exército.

Quando Fernando Antônio completou seus 19 anos, entrou para o Mosteiro de São Vicente dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho, só que isso não era o desejo de seu pai, um nobre e rico, que queria que seu filho único seguisse seus passos.

No mosteiro, Antônio morou por dois anos e tinha acesso a uma imensa biblioteca. Assim, ele estudava muito e vivia em uma constante rotina de oração. Após os dois anos ele foi para Coimbra, permanecendo lá por dez anos como sacerdote, já que tinha uma ótima oratória e habilidades para pregações.

Conhecendo e convivendo com freis franciscanos, Fernando Antônio começou a se empolgar com o fervor e paixão que os freis possuíam e viviam no evangelho, tornando-se assim Frei Antônio.

Antônio queria muito pregar o evangelho de Cristo, com isso teve que pedir permissão aos Franciscanos. Após a permissão ser concedida, ele foi para Marrocos, porém foi obrigado a retornar para Portugal por ter ficado muito doente e necessitar de maior suporte médico.



No entanto, nessa viagem o barco se desviou de sua rota e ao invés de chegar em Portugal, chegou até Sicília, na Itália, onde acontecia um encontro de frades franciscanos. No encontro que ocorria, Antônio conheceu São Francisco de Assis e deduziu que tudo havia acontecido porque Deus tinha esse plano de uni-los.

Após passar um ano e três meses como eremita no monte Paolo, São Francisco de Assis notou os dons de Antônio e com isso o definiu como bispo e responsável por passar os ensinamentos cristãos para os irmãos do Mosteiro.

Sendo posteriormente enviado para Roma, o Papa Gregório IX ficou extremamente impressionado como ele falava bem e era inteligente e assim definiu que ele seria o primeiro leitor de Teologia da Ordem.

Em suas pregações aconteciam muitos milagres e mais de 30 mil fiéis se reuniam para ouvi-la.

Fernando Antônio faleceu em 13 de junho de 1231, em Pádua, na Itália. Por este motivo ele é conhecido como Santo Antônio de Pádua, mas ele também pode ser chamado de Santo Antônio de Lisboa, pois foi onde nasceu.

Após sua morte, aconteceram tantos outros milagres que ele foi beatificado e canonizado. Ao ser realizada a exumação do seu corpo, a língua do santo estava intacta. Com isso, o fato foi caracterizado como um verdadeiro milagre e definido que essa era a prova real de que suas pregações eram totalmente inspiradas por Deus.

Em resumo…

Santo Antônio de Pádua foi um homem que renunciou a sua riqueza e nobreza para poder seguir os passos do evangelho. Por onde ele passava as pessoas tinham o prazer em te ouvir por sua eloquência e sabedoria que emanava de Deus.

Por conta disso, até hoje ele é um dos santos que possuem mais fiéis, não só na Itália ou Portugal, mas também no Brasil (conhecido como santo casamenteiro) e em muitos outros países do mundo.

SANTO ANTONIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: